quarta-feira, 25 de julho de 2012

Do Seu Lado - Fernanda Saads [RESENHA]


Que leitura gostosa! Precisava começar essa resenha assim... Expressando o quanto eu adorei ler este livro. A capa é linda, a história é muito fofa e a autora mais ainda, por ter criado uma história tão leve, romântica e divertida. Muitos podem achar a história do livro clichê, mas mesmo sendo clichê, é a mais pura realidade. 


Após um longo tempo de terapia para se recuperar de um fora, Sarah parece estar bem. Quer dizer, ela já recuperou seu peso normal e consegue pensar em outras coisas além de Bruno. O problema é que no fundo ela vive fantasiando o dia em que esbarra com ele na rua e: pimba! Ela está linda e radiante e ele percebe a mancada que deu. Seus planos são simples: reconquistar Bruno e depois dar o troco que ele merece. Mas o destino lhe prega uma peça quando Nestor, seu chefe, pede que ela visite um novo cliente e, de repente, tudo vira de cabeça para baixo. Lá está ela de frente para o seu antigo amor, que parece mais irresistível do que nunca! Enquanto isso, seu melhor amigo, Igor, sempre presente e irritantemente perfeito, não suporta vê-la cair nas garras do bonitão outra vez. Sarah terá que lutar contra os próprios conceitos para descobrir o verdadeiro sentido do amor.


Sarah é uma jovem arquiteta e uma mulher aparentemente comum. Quando eu digo "aparentemente" é porque não é toda mulher que tem um melhor "amigo" como o Igor ― bonito, carismático, inteligente e que acima de tudo, é apaixonado por ela. Mas ela não percebe ― o que é bem típico de muitas mulheres ― e acaba se envolvendo com o cara errado; o cara errado, do qual eu falo, é o Bruno ― seu ex-namorado ― que é um completo mal caráter. 


Sarah e Igor são completamente diferentes. Sarah é meio maluquinha e quase sempre impulsiva. Já Igor é mais centrado nos seus objetivos, aquele tipo de homem que sabe o que quer. Mas como os opostos quase sempre se atraem, com eles não foi diferente. Mas a 
Sarah, no começo, não consegue perceber isso. E claro, depois quem se prejudica é ela.


Confesso que teve momentos em que eu quis gritar com a Sarah, para ver se ela "acordava" e fazia o certo. Mas depois eu voltava atrás e entendia que, normalmente, muitas mulheres agiriam como ela. A autora em nenhum momento fez com que a protagonista soasse surreal; ela apenas fez com que a Sarah agisse como muitas agiriam ― pelo menos eu acho que foi essa a intenção dela.

"Vou para casa e me deito no sofá, ouvindo o CD de Roxette de frente para trás e de trás para frente, cantando junto, segurando o controle da tevê como se fosse um microfone. Às vezes a gente precisa sofrer."                                                            Pág.: 167


Acredito que, em muitos momentos, não há como não se identificar com algum personagem, principalmente com a Sarah. Mesmo com as suas "burradas", acredito que muitos já agiram como ela. O Igor é homem que muitas ― enfatize o "muitas" ― garotas sonham. E eu particularmente gostei muito dele. Não tenho nada o que criticar sobre ele.


Concluindo, o livro é muito bom. Não consegui parar de lê-lo até concluir a leitura. À cada página virada, torcia cada vez mais para que Sarah e Igor ficassem juntos.*pisca* Se você curte um bom romance e que é completamente nacional, não hesite e comece o mais rápido possível a leitura. Caso contrário, talvez não seja uma boa ideia lê-lo.


Recomendo!


P. S.: Durante a leitura, no livro é mencionado um filme que até então, eu não conhecia e que se chama "Harry & Sally". O filme é um pouco antigo, mas parece ser muito bom. Eu ainda não assisti, mas pretendo. Abaixo está um dos Posters do filme. Não postei o trailer, porque não encontrei nenhum com uma imagem muito boa.


Filme estrelado por Meg Ryan e Billy Crystal.

21 comentários:

  1. Oi Le
    pela sua resenha já sei que vou morrer de raiva da Sarah.
    O que mata é a personagem ser formada e adulta e ficar correndo atrás do cara...
    A resenha ficou ótima
    bjos

    ResponderExcluir
  2. Eu amo a capa desse livro!
    É simples e tão linda *-*
    Já tinha visto muitas resenhas positivas sobre ele tbm, mas a sua me deu até vontade de ler (e olha q romance não é bem pra mim rs)

    Bom como "O Casamento" foi o primeiro livro do Nicholas q li não tenho como te disser se é melhor ou pior q os outros, mas eu gostei ;)

    Tem resenha nova lá no blog, quer ler?
    http://falleninme.blogspot.com/ Desde já obrigada!

    -PatyScarcella

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pela resenha Leandro! Já li o livro anterior da Fernanda, As Confissões de Laura Lucy, e curti bastante. Estou ansiosa para ler Do Seu Lado! Abraços!

    ResponderExcluir
  4. a primeira coisa que penso toda vez que vejo esse livro é: QUE CAPA LINDA, GOD! muito amor!
    como não se apaixonar, né?! assim é fácil!
    imagino que a história seja mesmo clichê, mas tem dias que nada melhor do que um bom romance clichê <3
    a prova disso é que só vejo resenha boa sobre esse livro!

    beijos - Rascunhos e Borrões

    ResponderExcluir
  5. ps: veja o filme, é mesmo excelente!

    beijos - Rascunhos e Borrões

    ResponderExcluir
  6. Eu amo esse tipo de livro, sabia? É divertido... =D

    Ah, será que esse filme é um em que a Meg Rayn perde a memória? Ou melhor, que ela troca de corpo com um velho doido? Se for esse, é show! =P Ah não, já vi aqui qual é... Eles são amigos e terminam se apaixonando, é muito legal! =D

    Beijos,

    Isie Fernandes - de Dai para Isie

    ResponderExcluir
  7. Eu acho incrível quando clichês são bem utilizados de forma a interessarem. Parece ser o casso desse livro, né? A capa é legal >.<
    Gostei daqui. Visita-me?
    ;D

    ResponderExcluir
  8. ja tinha visto alguma resenhas do do seu lado em alguns blogs, teve gente que gostou outras não ... mais acho que eu curti bastante a sinopse! Me chamou bastante atenção.
    http://garotoonerd.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. To muito afim de ler este livro, não sabia do filme, vou procurar pra assistir, valeu pela resenha, parabéns!
    http://idelmaria.com

    ResponderExcluir
  10. Eu já li este livro e amei
    Foi uma leitura super leve e rapida
    E achei tudo muito lindo, inclusive o final

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oi Leandro!
    Não sabia do filme,vou ler primeiro e procurar o filme para ver depois.
    Ótima resenha Le.
    Bjos Fabi
    http://roubando-livros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Fiquei muito feliz em ler sua resenha! Esse livro parece ser uma fofura mesmo...é tão bom quando nos identificamos com os personagens! Estou louca para ler...aliás todos os livros da NC são tentadores.
    Beijocas!
    http://palomaviricio.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Hey!
    Leitura super agradável eu também achei <3 Amo clichês, sou apaixonada por romances, até os mais bobos. rs
    Não conhecia o filme também!

    Beijos ><
    http://mon-autre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Gostei muito da resenha, é muito bom quando agarramos um livro e não conseguimos soltar até chegar o final.


    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books
    @c_i_d_a

    ResponderExcluir
  15. Pela resenha, parece mesmo bem clichê, mas também parece um livro bem relaxante. Às vezes é preciso também ler livros para deixar a mente respirar, porque ler sempre livros pesados também cansa, né?
    Como você disse, parece bem gostoso!
    Beijinhos

    www.hiperbolismos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Oie Leandro =)

    Ah!!! Eu adoro uma livro clichê rs...
    Desde que recebi esse livro eu estou tentando arrumar uma vaginha para ele na minha fila de leitura, mas tá dificil =|

    Adorei a resenha *-*

    bjus;***

    anereis
    mydearlibrary | bookreviews • music • culture
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  17. Eu adoro livros nesse estilo Leandro! E todo mundo tem falado tão bem desse que eu to doida para começar a lê-lo logo! :)
    Eu acho que ele vai ser a minha próxima leitura... ainda não sei.

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
  18. Tem coisa melhor do que querer gritar com algum personagem? Falar, se expressar, querer interagir. Livros assim valem muito a pena, sem dúvida. Você passa a querer fazer parte do enredo, e assim a leitura vai fluindo de modo singular... ah, muito bom mesmo. Fiquei com vontade de ler, mesmo com os clichês básicos de sempre. A capa é maravilhosa, e sua resenha ficou muito boa. Parabéns!

    Um abraço!
    http://universoliterario.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  19. Boa tarde Leandro,

    Estou com esse livro aqui para ler e estou bem curioso, gostei da sua resenha...abçs.

    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Gostei da sua resenha.
    Eu também achei a capa linda, e a história parece ser bem legal, leve e divertida, e eu estou precisando dar uma variada nos gêneros que estou lendo.
    Abraços.

    http://viciadoemlivrosefilmes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  21. Este livro é lindo!!! ♥
    Me apaixonei pela capa e mesmo tendo uma história meio clichê, não consegui e me rendi de todas as formas aos encantos do Igor, as odiosas ideias da Sarah e principalmente à narrativa deliciosa da Fernanda...
    E quis muito gritar com a Sarah por causa do Bruno. Completamente sem fundamentos essa paixão dela...haha

    Bjs, Yara.

    ResponderExcluir

Comente com moderação!