quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

[RESENHA] Procura-se um Marido - Carina Rissi

Eu não tinha a pretensão de escrever essa resenha. Não tinha mesmo. Mas durante a leitura eu me senti tão envolvido, torci tanto pela protagonista e suspirei durante várias vezes, que foi impossível não escrever uma resenha. Precisava expor o quanto eu amei e me diverti lendo. Ao concluir a leitura, eu entendi o motivo de tantos elogios dados ao livro. Ele merece todos e muito mais. E o melhor de tudo é saber que é totalmente nacional.

Edição: 1
Editora: Verus Editora
ISBN: 9788576861980
Páginas: 474

Nota: (5/5 - Favorito ) 
Alicia sabe curtir a vida. Já viajou o mundo, é inconsequente, adora uma balada e é louca pelo avô, um rico empresário, dono de um patrimônio incalculável e sua única família. Após a morte do avô, ela vê sua vida ruir com a abertura do testamento. Vô Narciso a excluiu da herança, alegando que a neta não tem maturidade suficiente para assumir seu império – a não ser, é claro, que esteja devidamente casada. Alicia se recusa a casar, está muito bem solteira e assim pretende permanecer. Então, decide burlar o testamento com um plano maluco e audacioso, colocando um anúncio no jornal em busca de um marido de aluguel. Diversos candidatos respondem ao anúncio, mas apenas um deles será capaz de fazer o coração de Alicia bater mais rápido, transformando sua vida de maneiras que ela jamais imaginou. Cheio de humor, aventura, paixão e emoções intensas, Procura-se um marido vai fisgar você até a última linha.


Alicia é neta do milionário Sr. Narciso, que é dono de uma grande empresa de cosméticos conhecida como L&L. Ela só vive curtindo a vida, como se não tivesse responsabilidades. Até que o seu tão amado avô morre. Alicia praticamente vê seu mundo desabar. Porém, ela acredita que algumas coisas possam melhorar quando receber sua herança, mas é aí que o inusitado acontece: ela só poderá receber sua herança quando estiver devidamente casada e após um ano. E no testamento também incluía que ela teria que trabalhar na empresa do avô também. 

No seu primeiro dia na empresa, Alicia conhece Max — arrogante, musculoso, másculo e lindo — e imediatamente ambos já discutem. Desesperada para ter sua herança o mais rápido possível, ela tem a ideia de colocar em um anúncio de jornal que está à procura de um marido. À partir deste ponto, vários homens — bizarros, estranhos e engraçados — aparecem para ocupar o cargo de ser seu marido. Quando ela está prestes a desistir de tudo, eis que Max — isso mesmo — aceita a proposta e a vida de Alicia muda completamente.

Uma história divertida, engraçada, romântica e acima de tudo, deliciosa. Um chick-lit nacional maravilhoso que tem tudo para conquistar vários leitores — inclusive já conquistou vários, incluindo eu.


"– Eu não fui presa em todos os cantos do planeta! – reclamei ofendida. – Só aquela vez em Amsterdã... e aquela na Tunísia. E... uma na Bulgária. Mas foi tudo um mal entendido. Como eu ia saber que não podia chamar o policial de filho da puta fascista?"  
Página.: 77

Eu sinceramente demorei para concluir a leitura. Admito. Não pelo fato de que a leitura não se desenvolvia (longe disso!). Na realidade, esse livro me tirou de uma ressaca literária absurda. Precisava de uma história divertida e gostosa como a que eu encontrei lendo "Procura-se um Marido". É praticamente impossível não se divertir lendo esse livro.

Alicia é uma personagem comum, mas que de alguma forma me conquistou. As características de sua personalidade são bem típicas das protagonistas de livros do gênero chick-lit. Porém, seu jeito atrevido e até muitas vezes explosivo, me fizeram gostar bastante dela. Eu pude me identificar com ela em muitos momentos. 

Foi impossível não gostar do Max. Confesso que adoro personagens arrogantes, mas que intimamente são completamente o oposto do que geralmente demonstram — Darcy é um exemplo. A maneira como o romance entre ele e Alicia surgiu foi maravilhosa. Tudo aconteceu de forma natural, sem pressão por parte da autora, e isso já foi bastante significativo para mim.

A história em si foi bem construída, apesar de que sou uma pessoa quase leiga quando o assunto é herança ou coisas do gênero. Mas eu gostei da forma como a autora construiu sua história, suas personagens, enredo, tudo. E a narrativa da Carina é maravilhosa. Fui fisgado completamente logo no primeiro capítulo.

Contudo, o livro é excelente. Eu poderia comentar sobre outros tópicos presentes na história, mas acabaria soltando spoilers terríveis e eu espero que todos que têm interesse em conferir a história, se surpreendam a cada página, assim como eu. Portanto, se pretende conhecer essa história super divertida, não hesite e leia. Quem avisa amigo é...


Recomendo!

30 comentários:

  1. Alicia se casa com Max no final, ou tem mais história depois disso?
    "Como eu ia saber que não podia chamar o policial de filho da puta fascista?" Como assim??? huahauhaa Posso não saber em que contexto isso se encaixa, mas até o ser mais pedante sabe que ofender um policial dá cadeia. >.<

    Gostei da sua escrita.

    ResponderExcluir
  2. Oi Leandro!
    O romance entre os dois tem um quê de Orgulho e Preconceito, né? Não tinha pensando nisso, mas o fato de você ter citado o Mr. Darcy fez todo sentido!
    O livro é realmente uma delícia de ser lido e é praticamente impossível de não cativar o leitor!
    Eu já queria ler Perdida antes desse, agora então...
    Beijão!

    ResponderExcluir
  3. Oi Leandro!
    Logo que comecei a ler sua resenha já fui me empolgando. É perceptível o quanto a leitura te agradou e vc passou muita empolgação na escrita. Gosto muito disso numa resenha.
    Já faz um tempinho que to querendo ler Procura-se um marido, afinal só vejo elogios. Eu adoro chick-lit e esse parece ser um daqueles que vou amar!
    Parabéns pela resenha!
    Beijos
    http://www.coisasdemeninasarteiras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Parabéns pela resenha Leandro! Já li Procura-se Um Marido e amei! Se tornei um dos meus livros nacionais favoritos! Abraço!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  5. Leandro, fique muuito curiosa querendo ler esse livro...é divertido..que legal!
    Gostaria de poder ler em breve..
    Beijinhos
    http://marlicarmenescritora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. AAAAAAAAAAAH!! Amigoooo não creio que tu leu esse livro...
    Eu necessito dele para ontem :) Assim como o outro livro da autora Perdida!!
    beijos
    Brubs/contodeumlivro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi Leandro! lembro do teu comentário na minha resenha desse livro lá no blog! tô tão feliz que você também gostou, esse livro é daqueles que a gente quer que todo mundo leia pra poder comentar depois hahaha
    ele é lindo e deixa a gente com um sorrisão né :) ^^ adorei a tua resenha
    beijos, Nanda
    www.superbookaholic.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Caro Leoh, estou ficando apaixonado por Carina Rissi apenas por ler inúmeros elogios sobre ela e seus livros tão marcantes. Particularmente não curto muito chick-lit, contudo as histórias dela me parecem um tanto diferente, e ler elas seria algo inovador pra mim, visto que leio muita coisa do gênero, e tenho certeza que iria amar de cara.
    Ressacas literárias são o bicho, eu mesmo tenho uma certa dificuldade de sair delas quando me atacam, eu espero um tempo, mas esse tempo parece que não passa e fico dias sem ler atrasando várias coisas, se esse livro consegue tirar uma pessoa de uma ressaca literária, quero logo ele na minha estante pra quando eu tiver uma.
    Parabéns pela resenha, suas palavras sempre nos instiga a querer ter o livro resenhado como se não o tivesse o mundo fosse acabar. Ponto pra você!

    Segredos Que Ferem
    Literatura de Cabeça

    ResponderExcluir
  9. Oi Lê! Estou com os dois livros da autora aqui, este mês não vai dar para ler, mas de março não passa. Eu comprei por ler tantas resenhas positivas e empolgadas, tal como esta sua,pelo visto Carina Rissi é uma excelente autora e não deixa nada a desejar. Parabéns pela resenha.

    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  10. Oi! Não conhecia esse livro, mas adorei a resenha e parece ser uma ótima leitura. Não sou uma grande fã de chick-lit, mas essa hitória parece ser interessante e me deixou curiosa para lê-la.
    Abraços.
    Niki;
    http://www.meigaemalefica.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oi Lê!

    Resenha empolgante!Tb andei passando por uma ressaca literário e só com um livro leve e divertido para sair dela mesmo.O livro te surpreendeu e não a nada melhor que isso.

    Bjos

    http://www.roubandolivros.com

    ResponderExcluir
  12. Coração palpitando e desejando este livro agora mesmo! Nossa Leoh, a sua resenha ficou extremamente maravilhosa, a maneira como você abordou cada personagem e como explanou a narrativa da autora me deixaram com muita vontade de ler o livro.

    Os autores nacionais estão ganhando cada vez mais espaço, e isso é sem dúvida uma notícia maravilhosa. Já ouvi inúmeros leitores comentando sobre o livro da Carina, todos, sem exceção afirmavam que a obra da autora era de tirar o fôlego, muitos comentavam que ela possuía uma escrita leve e muito bem abordada! Estou ansioso demais para ler.

    Um abraço, http://umleitoramais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Acabei de adicionar o livro nos meus desejados. Fiquei super curiosa depois de ler sua resenha, que aliás ficou ótima, parabéns!
    Grande beijo!

    Camila – Meu Livro Cor-de-Rosa
    http://meulivrocorderosa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  15. Oi, Leo! :D
    Tenho muita curiosidade de conhecer os livros da Carina Rissi, mas ainda não deu, já que sempre que estou comprando algum livro opino pelos internacionais. Estou realmente tentando mudar isso e dar uma chance para livros nacionais. Tenho a impressão de que esse seria uma ótima escolha!
    O livro parece muito divertido e com certeza o romance parece conquistador! Parece o Darcy, é? PRECISO CONFERIR! Gosto de livros assim, apenas para diversão, e com certeza vou gostar desse, já que ao meu parecer você e eu não temos gostos muito divergentes. :) Gostei muito da resenha!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  16. Primeira vez que escuto falar desse livro.. :o
    Curiosa agora.
    http://anamenires.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. "Como eu ia saber que não podia chamar o policial de filho da puta fascista?"
    Ein?! Como isso? Sério, eu já tinha visto outros quotes desse livro, mas essa frase foi simplesmente demais.

    Fiquei bem mais curiosa com esse livro depois da tua resenha, acho que vou dar uma garimpada por aí até achar um bom preço *u*

    Gislaine Alves
    atualizado, comenta?
    Jeito Inédito

    ResponderExcluir
  18. Todo mundo fala que essa autora é boa - por Perdida, e tal
    e pela sua resenha parece ser verdade, :3
    gostei dela nao ficar colocando pressao no romance, mas confesso tambem ser meio leiga em herança e tal rsrs mas fiquei curiosa pra ler :33
    Sim, amo amo amo amo amo Instrumentos Mortais ♥
    Um beeijo!
    Pâm
    http://interruptedreamer.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Todo mundo fala SUPER bem dos livros da Carina, e percebi que o livro realmente te conquistou! A narrativa dela parece realmente cativante...

    Beijão!

    ResponderExcluir
  20. Eu quero muito esse livro, e essa capa é tão linda ><
    Um beijo.
    http://livrodagarota.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Amei sua resenha, sou apaixonada pela autora e com certeza quero ter e ler esse livro ainda esse ano. Parabéns pela leitura e pela resenha!!!!

    ResponderExcluir
  22. Nossa, deve ser muito bom, tanto que lhe tirou de uma ressaca.. Já havia criado interesse por ele, vou procurar por ele quando for às compras. Também adoro personagens como o Max. hihihi
    Beijos;
    Tici - ObsessionValley

    ResponderExcluir
  23. Tem livros que "chegam de mansinho" e nos conquistam totalmente, né? rsrs
    Alguns assim, inclusive, chegaram a se tornar meus favoritos.
    Estou louca para ler esse livro, os comentários positivos sobre as obras da Carina me deixam curiosa.

    Beijos

    ResponderExcluir
  24. Oi Leandro!

    Nossa, estou doooida pra ler esse livro! Sou fã assumida da Carina!

    Adorei a resenha :)

    Beijos

    ResponderExcluir
  25. Oi Leandro!
    Já faz algum tempo queria ler uma resenha desse livro...
    Por vários motivos o título que é chamativo e a capa =) e agora sabendo de cm a trama se desenvolve quero pra ontem to precisando de um livro que me faça rir e esse parece que é um deles!
    Adorei a estória de colocar um anuncio no jornal kkk ela é louca kkk
    Amei!!!
    Obg pela visita lá no blog!
    Tem caixinha de Pandora lá...
    Se vc quiser ir lá dar uma passadinha e
    deixar um comentário eu ficaria muito feliz =)
    -Fallen In Me
    -Rê

    ResponderExcluir
  26. Oi Leandro, tudo bem?
    Nossa, amei sua resenha e vou te confessar uma coisa, gosto muito das suas resenhas e sempre as levo em consideração. Esse chick-lit já me chamou a atenção muitas vezes mas sempre deixo pra depois. esse mês preciso de um livro pra rir, e acho que vai ser esse. :P
    Abraços,
    Amanda Almeida

    ResponderExcluir
  27. A única coisa de herança que eu sei foi graças a Marisol (aquela novela do SBT) então não sei muito... Mas me interessei pelo livro!
    Beeeeeeeijos

    ResponderExcluir
  28. Adorei muito! Desde a capa até o conteúdo. Na verdade, eu pedi pela internet, agora estou esperando chegar *-*
    Beijinhos

    Hipérboles
    @hiperbolismos

    ResponderExcluir
  29. OLá Leandro,

    Já li boas resenha desse livro e fiquei com vontade de ler e a sua resenha me deixou mais curioso...parabéns...abçs.

    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  30. Adorei a resenha, e a nota super alta me deixou com mais vontade ainda de ler!

    parabens pelo blog, visito sempre.
    tambem tenho um, marquei o blog em um selo que ganhei.

    http://pausaparanerdice.blogspot.com.br/2013/02/selo-2013-literario.html

    beijos e sucesso!

    ResponderExcluir

Comente com moderação!